Nesta Quaresma, Padre Alcy nos convida a uma reflexão positiva e didática sobre este tempo favorável para mudar de rota.

Quaresma, tempo providencial para mudar de rota

Mudar de rota não é simples. Quando estamos acostumados a seguir sempre os mesmos caminhos, entramos na rotina, ou até mesmo, no vício. E rotina não combina com cristianismo, muito menos o vício. Nos mesmos caminhos, nos distanciamos da possibilidade de fazermos coisas novas, nos renovarmos, olharmos as coisas com novo olhar. 

Andar pelo mesmo caminho é cômodo. Comodismo nos traz falta de atenção, nos afasta até mesmo do que estamos fazendo. E comodismo não combina com cristianismo, muito menos a falta de atenção. Ambos, ao se trilhar um caminho, nos deixa mais propícios a acidentes, pois depositamos nossa confiança no que não é confiável – nossos costumes e experiências humanas.

Mudar de rota é ativar o GPS. Três botões são necessários: A oração, o jejum e a caridade. Mas cuidado! Ao se praticar estes três propósitos, automaticamente estará no início de uma nova jornada, um novo caminho. 

E o novo é o desconhecido. A estrada talvez seja esburacada, desnivelada, o que nos traz medo. E aqui está a riqueza da vida em comunidade: Nossos irmãos nos auxiliam quando, mesmo ouvindo o GPS, nosso medo nos atrapalha e nos faz andar em círculo. Juntos, podemos até nos perder, mas nos encontramos em Deus.

Eis o tempo favorável para mudar de rota! Não perca essa graça e se lance em novos caminhos. Cristo quer fazer em ti uma Obra Nova, um sinal visível e crível de seu amor. Mude de rota! Deixe Deus agir!

Deus te abençoe!
Pe. Alcy Mauricio

Pe. Alcy Mauricio da Silva Junior é diretor de Pastoral do Colégio Salesiano Dom Bosco, em Piracicaba – São Paulo.

Anterior 16/02 - Santo Onésimo
Próximo Quaresma, tempo de revisão