26/08 – São Zeferino, Papa


Hoje veneramos São Zeferino I, papa. Onde mais se destaca sua veneração no dia de hoje é em Roma. Depois do Papa Vítor, de origem africana, clero e povo elegeram para a cátedra de Pedro um romano, Zeferino no ano 199.

 

Vivia-se num clima de perseguição religiosa. Ser papa era sinônimo de candidato ao martírio. Portanto, que, os treze papas predecessores de Zeferino tombaram mártires. Contudo, nunca foram às perseguições as piores situações da Igreja.

 

Em sua história, foi mais prejudicada pelas lutas internas. Nessa época surgiram várias heresias, o Papa Zeferino como pastor espiritual e amante da paz, seguia o decorrer das polêmicas com vigilância paternal, reafirmando a doutrina apostólica. O Papa Zeferino não era teólogo nem escritor, mas o seu bom senso, fortificado pela assistência do Espírito Santo, evitou todo extremismo. Grande merecimento do Papa Zeferino foi ter valorizado a capacidade administrativa de Calisto, um convertido do paganismo, membro do clero romano e que irá ser seu sucessor na Cátedra de Pedro.

 

Seu longo pontificado foi marcado pelo endurecimento da perseguição, por obra do imperador Sétimo Severo que ceifou numerosas vítimas e diminuiu a atividade da Igreja. Zeferino foi vítima mais ilustre desta perseguição, junto com o grande bispo e escritor Santo Irineu. Morreu no ano 217 e foi sepultado numa capela, nas catacumbas que ele mandou construir. No testemunho dos mártires está o Cristo sofredor e vitorioso.

 

Anterior 25/08 - São Luís IX - Rei da França
Próximo 27/08 - Santa Mônica, mãe de Santo Agostinho