Encontrado objeto de 1400 anos com citação à Maria


Parque Nacional Nitzana (Imagem: David Palmach / socientifica)
Parque Nacional Nitzana (Imagem: David Palmach / socientifica)

Frase completa em português diz “Abençoada Maria, que viveu uma vida imaculada”

[Eduardo Honorato Paulo, 13/01/2021] Uma pedra de 1400 anos com uma inscrição mariana é encontrada por acaso no deserto de Neguev em Israel na fronteira com o Egito.

O registro na pedra está escrito em grego antigo e a frase completa em português diz “Abençoada Maria, que viveu uma vida imaculada”. O achado tem 25 centímetros de diâmetro e fazia parte da lápide de uma mulher que viveu na região há cerca 1.400 anos.

A pedra foi encontrada no Parque Nacional de Nitzana por um de seus funcionários que trabalha no local segundo informações das autoridades israelenses.

Segundo informações da Autoridade de Antiguidades de Israel o Parque Nacional de Nitzana é um local importante para pesquisas sobre a transição do período Bizantino para o período islâmico, além de haver registros de atividade humana na região muito mais antigos.

A pedra funerária recém encontrada é uma demonstração histórica da veneração cristã a Nossa Senhora chamando a atenção a palavra “imaculada” que significa sem mancha do pecado original, o que ajuda a enfatizar o dogma da Imaculada Conceição de Maria.

O artefato arqueológico ainda pode ajudar os pesquisadores a delimitar os limites dos cemitérios cristãos e o locas dos antigos assentamentos ainda desconhecidos.

Anterior Celebração das Cinzas terá mudanças em seu rito
Próximo 20/01 - São Sebastião