16/05 – São João Nepomuceno


São João Nepomuceno

O Santo que foi cruelmente torturado por não negar sua a fé em Cristo

João Nepomuceno nasceu por volta de 1330, em Pomuk, vilarejo nas proximidades de Praga, na Boêmia.

De família pobre, nasceu quando seus pais já estavam em avançada idade. Daí ser “João” o seu nome, numa alusão ao nascimento de João Batista que também nascera quando Santa Isabel já era bastante idosa.

Estudou na universidade de Praga, onde se formou em Direito Canônico e doutorou-se em teologia. Ordenado sacerdote, sua grande eloqüência levou-o à corte, e ali se tornou capelão e confessor. A própria rainha e imperatriz Joana tomou-o para diretor espiritual.

Pouco se sabe da realidade dos fatos que culminaram no seu cruel martírio. Alguns afirmaram que São João tornou-se um obstáculo às pretensões do rei, desejoso de controlar a Igreja. A opinião mais comum, entretanto, é que na impossibilidade de arrancar-lhe o segredo da confissão concernente à vida de sua esposa, o rei mandou torturá-lo. Primeiramente queimaram em fogo lento suas partes íntimas. Como continuasse firme na decisão de manter o segredo da confissão, sem que ninguém percebesse foi lançado nas águas do rio Moldava. Seu corpo foi, entretanto, descoberto e recebeu digna sepultura na Igreja de Santa Cruz.

Em seu túmulo foi gravado este epitáfio: Aqui jaz o venerabilíssimo João Nepomuceno, doutor, cônego desta igreja e confessor da rainha, ilustre pelos seus milagres, o qual por ter guardado o sigilo sacramental foi cruelmente torturado, e lançado de cima da ponte de Praga, no rio Moldava, por ordem de Venceslau IV, no ano de 1383. (Apud José Leite, S. J., op. cit., Vol. II, p. 57).

Anterior 1º dia: Oh, Auxiliadora, proteja nossas famílias
Próximo 17/05 - São Pascoal Bailão