14/02: São Valentim


São Valentim

Dois santos da mesma época: São Valentim e São Valentim de Terni

Hoje, a Igreja comemora a festa de dois santos, sacerdotes, de nome Valentim: São Valentim e São Valentim de Terni. Eles viveram na mesma época, no Século III. Ambos foram mártires e defendiam os namorados. Por causa deles o “Dia dos Namorados”, em várias países, é chamado, em inglês, de “Valentine’s Day” (dia dos Valentins).

São Valentim viveu na cidade de Roma, no tempo do imperador Cláudio II. O Império passava por muitos problemas, perdendo várias batalhas. O imperador atribuiu a culpa pelas derrotas aos soldados solteiros. Ele pensava que os solteiros, menos ousados, se feriam levemente nas batalhas e pediam logo a dispensa. Nesse afastamento davam-se em casamento e não se arriscavam mais nas batalhas. Isso enfraquecia o exército. Então, o imperador decretou uma lei que proibia o casamento dos soldados.

O Pe. Valentim considerou a lei injusta e continuou celebrando casamentos às escondidas. Quando o imperador soube, prendeu Valentim e o interrogou na frente do povo. As colocações de São Valentim sobre o matrimônio, como sacramento, deixaram o imperador e o povo impressionados. Por isso, ele foi colocado em prisão domiciliar. Ele ficou na casa do prefeito de Roma. E todos lá eram pagãos. Uma das filhas do prefeito era cega. Pelas orações de São Valentim a moça foi curada milagrosamente e toda a família do prefeito se converteu ao cristianismo. O imperador Cláudio II não gostou do ocorrido e condenou Pe. Valentim à morte. No dia 14 de fevereiro de 286, São Valentim foi morto a pauladas e decapitado na via Flaminia.

Anterior Domingo, 13/02/2022
Próximo 15/02 - São Teotônio