Novena a São José: Dia 8

Saudação

Hoje, oitavo dia da nossa novena, São José nos mostra que na dificuldade, aquele que assume a paternidade de uma família, não desiste, não foge, luta pela sua família.

Peçamos a Deus, que o amor seja o elo que una e fortaleça nossas famílias, independente das dificuldades.

Iniciemos nosso encontro em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos: Amém!

Reflexão: São José teve dúvidas, mas não fugiu, não desistiu. Confiou em Deus e sabia que Ele lhe daria discernimento, coragem e força para cuidar daquela família e enfrentar todos os desafios.

Evangelho

Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 5,17-30

Naquele tempo: Jesus respondeu aos judeus:  ‘Meu Pai trabalha sempre, portanto também eu trabalho’.
Então, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque, além de violar o sábado, chamava Deus o seu Pai, fazendo-se, assim, igual a Deus.
Tomando a palavra, Jesus disse aos judeus: ‘Em verdade, em verdade vos digo, o Filho não pode fazer nada por si mesmo; ele faz apenas o que vê o Pai fazer. O que o Pai faz, o Filho o faz também.
O Pai ama o Filho e lhe mostra tudo o que ele mesmo faz. E lhe mostrará obras maiores ainda, de modo que ficareis admirados.
Assim como o Pai ressuscita os mortos e lhes dá a vida, o Filho também dá a vida a quem ele quer.
De fato, o Pai não julga ninguém, mas ele deu ao Filho o poder de julgar,
para que todos honrem o Filho, assim como honram o Pai. Quem não honra o Filho, também não honra o Pai que o enviou.
Em verdade, em verdade vos digo, quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou,
possui a vida eterna. Não será condenado, pois já passou da morte para a vida.
Em verdade, em verdade, eu vos digo: está chegando a hora, e já chegou, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus e os que a ouvirem, viverão.
Porque, assim como o Pai possui a vida em si mesmo, do mesmo modo concedeu ao Filho possuir a vida em si mesmo.
Além disso, deu-lhe o poder de julgar, pois ele é o Filho do Homem.
Não fiqueis admirados com isso, porque vai chegar a hora, em que todos os que estão nos túmulos
ouvirão a voz do Filho e sairão:
aqueles que fizeram o bem, ressuscitarão para a vida; e aqueles que praticaram o mal, para a condenação.
Eu não posso fazer nada por mim mesmo. Eu julgo conforme o que escuto, e meu julgamento é justo,
porque não procuro fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.


Palavra da Salvação.

Preces

Peçamos pelas famílias, que estão passando por dificuldades, principalmente nestes tempos que estamos vivendo, que não se deixem tomar pelo desespero e que recebam a graça que precisam;

Peçamos por todos que se encontram doentes, para que sua saúde seja restabelecida;

Peçamos a Deus por todos nós, que tenhamos saúde, trabalho, união e amor em nossas casas.

Bênção

Senhor Nosso Deus, abençoe a todos nós, que vivemos em tempos tão tristes e de dificuldades, que tenhamos saúde e nossa fé aumentada para continuar nossa caminhada.

Pai-nosso… Ave-Maria… Glória ao Pai…

Estivemos unidos e reunidos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos: Amém.

Bendigamos ao Senhor!

Todos: Graças a Deus!

Anterior 17/03 - São Patrício
Próximo Quaresma: Tempo para ouvir a voz de Deus