Episódio 1: A vida comum sob o olhar da Fé de uma pessoa comum.

Olá! Seja bem vindo(a) ao CatolicaWeb e ao Um católico qualquer! Meu nome é Gabriel e vou colocar aqui algumas reflexões pessoais sobre “o ser cristão no dia-a-dia”, mas antes de explicar o que serão estas reflexões, vou me apresentar um pouco melhor.

Eu tenho 30 anos, nasci na cidade de São Paulo e frequento a Igreja desde meus 10 anos de idade. Na paróquia que frequento, participo do ministério de música Devotos de Maria Auxiliadora (DMA) e já exerci diversas atividades pastorais, fui catequista, membro de Grupo de Oração, fiz teatros, retiros e também participei de muitos eventos da Igreja.

Hoje, continuo meu caminho dentro da Igreja participando e avançando (assim eu espero) na Fé. Apesar de participar desde criança na Igreja, eu sei que sou apenas mais uma ovelha no meio de tantas outras. Sou apenas mais uma pessoa, como qualquer outra, que vive a Fé e procura ser melhor a cada dia.

E, por falar em “ser melhor a cada dia” e como disse que explicaria o que quis dizer com “o ser cristão no dia-a-dia”, convido você a acompanhar as reflexões que vou postar aqui.

Serão conteúdos criados por mim, uma “pessoa qualquer” que pertence a Igreja, isto é, é um relato de um leigo, como qualquer outro, que participa ativamente na sua comunidade e que tem seus desafios no dia-a-dia para viver sua Fé.

Mas quais desafios são esses? Serão batalhas espirituais como as de Pe. Pio? Serão horas e mais horas de oração incansável? Ou ainda shows por todo o Brasil?

A resposta pra isso é: Não, mas pode ser um dia. Ou não.

Confuso não é? Certo, vou explicar melhor.

Assim como São Paulo diz que “seja qual for o grau a que chegamos, o que importa é prosseguir decididamente.” (Filipenses 3, 16), minha vida e Fé estão em algum ponto e, hoje, sou convidado novamente a prosseguir decididamente, ou seja, se meus desafios a serem superados são semelhantes ao do Pe. Pio, então que eu siga decididamente. Se meu desafio for rezar horas e mais horas, que eu siga decididamente. Se for evangelizar fazendo shows, que eu siga decididamente.

Contudo, já adianto que meus desafios são mais modestos no momento como ir à missa, conseguir fazer uma boa Confissão, amar as pessoas que estão ao meu lado, fazer uma boa ação, ter paciência quando estou doente ou com algum problema de saúde entre outras coisas do cotidiano. Sendo assim, você pode se perguntar: Como é a vida de uma pessoa comum, que é Cristã Católica, nos dias de hoje?

A resposta desta pergunta é o objetivo deste blog: Expor a vida comum sob o olhar da Fé e como isso me leva a ser melhor e ser mais próximo de Deus.

Convido você a refletir comigo nos próximos conteúdos e, assim espero em Deus, que isto te ajude (e me ajude) a viver a Fé de uma maneira mais viva e prática. Que Deus nos abençoe e conduza tudo da maneira que Ele achar melhor e que Nossa Senhora seja a guia que nos aponta o caminho a seguir.

De um católico qualquer,
Gabriel Bondioli Piterutti

Anterior 29/04 - Santa Catarina de Sena
Próximo 30/04 - São José Benedito Cottolengo