Tríduo a São Pedro – 1º Dia

Hoje primeiro dia do nosso tríduo, peçamos a intercessão de São Pedro para que proteja nossas casas, nossos lares e defenda nossa família dos perigos.

Peçamos a Deus, pelos que não tem um lar, para que sua família seja abençoada, independente de paredes.

Iniciemos nosso encontro em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Amém!

Reflexão: São Pedro, aquele a quem foi confiada a missão de perdoar, de ligar a terra ao Céu, a humanidade a Deus, por isso pedimos a sua proteção não somente a nossas casas feitas de concreto, mas os nossos lares que são feitos de sentimentos e de pessoas.

Evangelho:

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 8,5-17

Naquele tempo, 5quando Jesus entrou em Cafarnaum, um oficial romano aproximou-se dele, suplicando: “Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia”. Jesus respondeu: “Vou curá-lo”. O oficial disse: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado. Pois eu também sou subordinado e tenho soldados sob minhas ordens. E digo a um: ‘Vai!’, e ele vai; e a outro: ‘Vem!’, e ele vem; e digo a meu escravo: ‘Faze isto!’, e ele faz”.

Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: “Em verdade, vos digo: nunca encontrei em Israel alguém que tivesse tanta fé. Eu vos digo: muitos virão do Oriente e do Ocidente, se sentarão à mesa no Reino dos Céus, junto com Abraão, Isaac e Jacó, enquanto os herdeiros do Reino serão jogados para fora, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes”.

Então, Jesus disse ao oficial: “Vai! e seja feito como tu creste”. E, naquela mesma hora, o empregado ficou curado. Entrando Jesus na casa de Pedro, viu a sogra dele deitada e com febre. Tocou-lhe a mão, e a febre a deixou. Ela se levantou, e pôs-se a servi-lo. Quando caiu a tarde, levaram a Jesus muitas pessoas possuídas pelo demônio. Ele expulsou os espíritos, com sua palavra, e curou todos os doentes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías: “Ele tomou as nossas dores e carregou as nossas enfermidades”.

Palavra da Salvação.
Glória Vós, Senhor!

Preces:

  • Peçamos por aqueles que não tem uma moradia, ou estão afastados de seus familiares, que eles recebam as graças e se sintam acolhidos;
  • Peçamos a Deus, pelas nossas famílias que tenham sempre um teto digno para residir, mas principalmente o amor que é nosso alicerce;
  • Peçamos pelos que estão afastados de suas famílias, por consequência de enfermidades, que o Senhor possa socorrer e curar.

Bênção:

Senhor nosso Deus, abençoe nossas casas, nossas famílias, para que cada dia mais se fortaleçam, no Teu Amor,  e por todos aqueles que sofrem a ausência, o abandono e a distância, que tenham o acalento e que possam conhecer e receber o amor dos irmãos .

Pai-nosso… Ave-Maria… Glória-ao-Pai…

Estivemos unidos e reunidos, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Amém.

Bendigamos ao Senhor!

Graças a Deus!

Sugestão de canto: A Barca

Anterior 25/06 - São Próspero
Próximo 27/06 - Nossa Senhora do Perpétuo Socorro